Estrutura de Identificação do Médiuns

A hierarquia no Templo A Caminho da Paz é exercida de forma suave e simples, o médium não sabe aonde ele se encontra encaixado dentro dos graus determinados pelo Caboclo Sete Flechas, o médium precisa realizar uma auto análise e avaliar por si só em que condições se encontra dentro desta estrutura. Cabendo o Dirigente observar e saber de fato em que grau se encontra cada um. Apartir do 4° grau, as coisas vão ficando mais claras. Pois, existe a consagração de médiuns de 4°, 5° e 6° graus.

1° grau – Médiuns Iniciantes – são aqueles não sente nenhuma vibração, normalmente os cambonos.

2° grau – Médiuns em Desenvolvimento – São aqueles que já sentem a presença de seus guias, são médiuns de cadeira e já ajudam nos passes.

3° grau – Médiuns Aspirantes – São aqueles que além de incorporarem seus guias, já riscaram algum ponto e foi confirmado, aqueles que já dão atendimento com algum guia, mas que ainda não foram consagrados, são aqueles que o Dirigente de Terreiro fica atento e a qualquer momento poderá indica-los, a médium de 4° grau, ou seja, a médium de atendimento.

4° grau – Médiuns de Atendimento – São aqueles que foram consagrados e estão liberados a dar atendimentos ao público com todas as suas entidades.

5° grau – Pertencem ao quinto grau os médiuns consagrados como Assistentes de Direção, a Curimbeira Chefe e os Cambonos Chefes de Terreiro. O Assistente de Direção e a Curimbeira Chefe, substituem o 6° e o 7° graus. Os Cambonos Chefes não substituem o 6° e 7° graus, porém recebem ordem dos 5°, 6° e 7° graus e repassam para os médiuns de 1°, 2°, 3° e 4° graus.

6° grau – Médiuns Subcomandantes de Terrreiro – Substituem o 7° grau.

7° grau – Médium Dirigente – Comandante do Terreiro – Diretor de Cultos. Presidente de Sessão.

2017 Templo A Caminho da Paz